Movimentação no elenco Colorado

Pois meus caros “IRMÃOS DE ALEGRIA“,  se mexeram nos aguapés, diria um pescador ao perceber a possibilidade real de ter fisgado um peixe. Em nosso caso diria que o movimento anuncia que a inercia está ausente, muito embora siga entendendo que é preciso mexer na estrutura do DF antes de alterar e adequar o elenco para 2018.

A primeira renovação foi do D’Alessandro. Comenta-se que o Cabezon propôs ao INTER que lhe fosse pago um ano e ele cumpriria dois de contrato ou que lhe fosse reduzido em 50% seus ganhos mensais o que vem a ser rigorosamente a mesma coisa quando se pensa em números, cifras. Confirmado isso , a meu juízo, temos um quadro de equilíbrio, reconhecimento, agradecimento e de demonstração de que não é só o dinheiro que interessa no caso do nosso camisa 10. Parabéns a quem propôs e a quem conduziu essa negociação.

Expecula-se:

1-o interesse pela repatriação para o continente do meia Argentino Walter Montoya, 24 anos que iniciou a carreira no Rosário Central e atualmente atua pelo Sevilha.  Não recordo de tê-lo visto jogar, pelo que não posso fazer uma avaliação;

2-a troca do atacante Wellington Silva (24 anos, destro) do fluminense pelo Eduardo Sasha.  Sasha precisa respirar, se firmar fora. Acho que mesmo não sendo um talento inconteste, é jogador para ser muito útil em qualquer equipe. O que se sabe de W.Silva é que no ano de 2016, atuou 66 vezes pelo Flu e marcou 10 gols (pouco para um atacante, não?). Sabe-se também que o jogador e o Flu, haviam se acertado com o Bourdeux da França, em julho último, entretanto uma inflamação no púbis detectada em exame médico interrompeu as negociações. Comenta-se que a proposta é de que será uma troca por empréstimo e que cada um clube detendor dos direitos, arca com os custos salariais;

3- o interesse pelo volante Rithely, do Sport. O jogador é um sonho de diversas direções no Beira-Rio desde a saída de Charles Aránguiz, em 2015, para o Bayern Leverkusen. O impasse aí é que o INTER propõe jogadores na transação e o Leão do Nordeste não aceitaos p nomes propostos, eles também querem o Sasha;

4-Moledo estaria de volta. A diferença entre o que o INTER propõe e o que pretende o Panathinaikos seria de 1 milhão de reais, mas a partir de janeiro Moledo poderia assinar pré-contrato, reduzindo a despesa.

O INTER JÁ CONTRATOU:

Gabriel Dias, Volante-  Oriundo do Paraná Clube. Segundo a afirmação do Luiz Carlos de Lorenzi , o Lisca, é um ex zagueiro que começou a jogar de volante recentemente. Tem vigor físico, muita pegada, mas de pouca qualidade técnica. Volante? Mais um? Dourado estaria de saída?

Ruan, lateral contratado junto ao Boa Esporte (Imagem: Google)

Ruan, 22 anos , lateral direito contratado junto ao Boa Esporte

Roger , 32 anos,  iniciou a carreira na Ponte Preta, no ano de 2017 atuou 49 vezes pelo Botafogo e marcou 17 gols, média de 0,34 gols por partida.

Considerando que todos sejam contratados e titulares poderiamos ter:

Danilo, Ruan, Moledo, Cuesta e Uendel, Dourado, Edenilson (Gabriel Dias, Richely), Camilo (Montoya), D’Alessandro, Wellinton Silva (Nico) e Damião (Roger).

Caso o INTER resolva aproveitar inicialmente o pratas da Casa, poderíamos ter

Danilo, Val, Fábio Alemão, Cuesta e Uendel, Dourado, Edenilson, Camilo e D’Alessandro: Ronald e Damião(Joandreson).

CONFESSO QUE ME ENTUSIASMO MAIS COM A SEGUNDA EQUIPE.  Os bem sucedidos no ano (dando suporte) com a meninada da Base.

TENHO DITO!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

About Paulo Melo

4 comments

  1. Naladar Santos
    Naladar Santos

    Melo, espero que estas negociações se confirmem, não obstante estarem, como de praxe, demorando muito, o que suscita dúvidas, dado nosso histórico de embromação e frustração. Gosto dos nomes de Rithieli e WS. Também não me lembro do Montoya, apesar de me lembrar que aquele time do Rosário ter sido considerado o melhor da LA e só perdeu porque teve um cruzamento contra o então temido Nacional de Medellin. É jovem ainda, mas fracassou no Sevilla. De qualquer maneira, o Inter precisa de um meia de chegada na frente. Poderia tentar o Guerra do Palmeiras que, apesar de mais de 30 anos, é muito bom e poderia ser a alternativa do D’Alessandro.

    Ainda me preocupa o fato de estarmos apostando apenas no Moledo, para a zaga, e no tal Ruan para a LD.

    • Alô você Naladar!
      Também considerei a não afirmação do Montoya no Sevilla, mas lembrei do ´próprio D’Alessandro de passagem discretíssima no Real Zaragoza e no entanto seu rendimento aqui tem sido pra lá de muito proveitoso. Se o rendimento do Montoya se aproximar do “Cabezon” estaremos bem sevidos.
      Coloradamente,
      Melo

  2. Luciano

    Bueno Melo, vamos lá, entendo que não haverá reformulação no DF, em que pese concordar com a necessidade. Mas eles não demonstram que deverão apostar nisso. Vamos ao ponto seguinte, a reformulação do elenco. As contratações já efetuadas e as especulações são de caráter médio, ficando muito próximo do que chamamos de apostas. Não entendo muito essa fascinação dos dirigentes pelo volante do Sport, pois sempre que vi jogar não se sobressaiu para merecer essa valorização. A renovação de Dalessandro era esperada e tem o seu efeito anímico no grupo. Mas é claro que não dá para superdimensionar a sua condição de ser a peça diferenciada no time.

    • Alô você Luciano!
      Pois é, lamentavelmente parece que a estrutura do DF seguirá a mesma. Clama-se por modernização. Quem nos ouve?
      Coloradamente,
      Melo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*