O RECOMEÇO

Passado o pesadelo da série B, o Inter recomeça uma caminhada em busca de Títulos , e o primeiro passo chama-se Gauchão 2018. Seria emblemático falar que não entramos como favorito, pois segundo opinião da mídia, o Grêmio é o favorito. De uma certa forma, esta posição de não favorito, na minha opinião, nos favorece, até porque, entramos com menos peso nos ombros.Claro que vamos brigar pelo título, mas este tipo de observação e análise, será uma constante este ano de que o Inter não disputará títulos, da Copa do Brasil, Primeira Liga, e principalmente Brasileirão. Será um ano de muito trabalho e qual será o olhar da mídia, dos adversários e mesmo da torcida, sobre o elenco do Inter. Para o atual momento financeiro, os reforços que chegaram podem dar um toque de mais qualidade ao time. Já ficou provado nos treinamentos que Roger é uma grata contratação. Espero que o Odair e CT olhem para os reforços e aos poucos vá colocando naquelas posições que todos nós sabemos, carece de maior qualidade técnica. Começaremos em casa contra o VEC, tradicionalmente, nos dá muito trabalho nas vezes que o enfrentamos, a vitória é importante para dar confiança e segurança, pois a seguir teremos dois jogos fora com equipes de mais tradição no Gauchão, NH no dia 21 e o Caxias no dia 24. Assisti um vídeo com os melhores lances deste menino que é considerado a maior joia já formada na base do Huracan, Martín Sarrafiore, 20 anos e que já assinou em pré contrato com o Inter e se apresenta em julho. Fazia tempo que uma Diretoria não contratava uma jovem promessa do futebol, nos acostumamos a ver jogadores repatriados e medalhões serem adquiridos sem dar uma resposta positiva, somente inchando a folha de pagamento. Agora estamos assistindo uma atitude digna de uma Direção realmente preocupada não com o presente e sim em formar um elenco para o futuro que nos remeta novamente a grande conquistas.

Abraço à todos!!

Leandro Godoy

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

About Leandro Godoy

Leandro Godoy

4 comments

  1. Não se iludir com o campeonato, pois o nível dos jogos é muito fraco, é um várzea melhorada, jogo mesmo é o gre-NAL, o resto….disputar ganhar. SIM mas não ue com isso esteja tudo certo, até p contratações serão feitas só espero ue seja pra logo não pra julho como foi estas duas primeiras.

  2. Luciano

    Para equipes como a do INTER o Campeonato Gaúcho deve até servir de preparação com ritmo de competição, em que pese o fraco nível técnico envolvido no certame. Claro que não dá para fazer avaliações seguras do potencial de uma equipe tomando-se por base o nosso regional. Sobre as contratações, na Copa do Brasil e no Brasileirão, este último que não permite apostas e ensaios, serão testadas efetivamente, assim como a capacidade da comissão técnica de encaixar sua proposta de jogo e seus esquemas táticos (no plural mesmo, imaginando que teremos alternativas). As perspectivas irão variar de acordo com o analista e serão muito influenciadas pela entrega diária nos treinamentos e na “compra” da ideia de jogo do treinador pelo grupo de jogadores. Que falta qualidade não discuto, mas como não teremos acréscimos na proporção de nossas necessidades e exigências do Clube e das competições nacionais que iremos disputar, ficaremos muito na dependência do conjunto a ser formado e de algumas individualidades que possam se destacar. Por fim, Luque foi uma espécie de aposta que não vingou, esperamos que esse jovem do Huracán seja sim uma grata revelação.

  3. Alô você L.Godoy!
    Nesse recomeço, como escreves, gostaria de mais arrôjo no sentido de lançar a meninada.
    Quero ver o Ronald junto com os medalhões, mas lançado no inicio das partidas já, assim como vejo o Inter ir atrás de zagueiro e sequer convocou o Fabio Alemão. Acho que merece chance.
    Coloradamente,
    Melo

  4. Naladar Santos
    Naladar Santos

    Leandro, bom dia! Isso mesmo. Esperanças renovadas. Na teoria concordo com a mídia. Nosso arquirrival é o campeão da América, manteve seu elenco praticamente sem grandes alterações (saíram Barrios, Fernandinho e Edilson, que convenhamos não muda nada) e tem uma estrutura de time montada. Então, não tenho problemas de reconhecer. Entretanto, sabemos que, quando a bola rola é que conta e aí eles têm se enrolado, principalmente porque calçam um saldo muito alto para falar de Libertadores e perdem o foco, daí, para mim, o Inter vira favorito, porque tem um treinador que precisa se afirmar e muitos jogadores tentando se afirmar ou confirmar e o CG serve muito para isso.

    Vamos que vamos!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*