Um time morto sem alternativas

O torcedor colorado é um torcedor esperançoso, que sempre acredita no time e faz seu papel fora de campo com maestria. Mas o Inter é sempre aquele time que tem uma lição a ser feita dentro de casa e nunca atende às expectativas. O jogo de hoje era claramente uma dessas situações em que o torcedor lota o estádio, apoia incondicionalmente 90 minutos e sai decepcionado.

Mantendo o sistema que falha constantemente, o Inter entrou em campo pressionando o Vila Nova e logo abriu o placar, aos 13′ do 1º tempo com Cláudio Winck. A pressão contou com muita participação de D’alessandro e Uendel pelo lado esquerdo, porém o Inter abdicou do ataque e realizou o recuo já tradicional. O Vila Nova encontrou espaços para jogar e chegou com perigo em diversas oportunidades, empatando o jogo aos 3′ do 2º tempo.

O que seguiu foi de doer os olhos: sem aproximação entre os setores, os jogadores jogavam sozinhos, distantes, sem ajudar um ao outro. Os balões ganharam força e novamente não fizeram diferença alguma.

O Inter não iria melhorar com a permanência do Guto. O treinador se perdeu nas últimas rodadas. O time parou de render, parou de criar coletivamente, parou de marcar e de atacar baseado em uma estratégia. Joga como dá, de qualquer maneira, sem nenhum tipo de organização.

Tudo o que segue agora é uma prova de que 2016 ainda não acabou. Parece que não aprendemos nada até aqui. A troca de treinador continua, mostrando a falta de convicção dos dirigentes em suas contratações.

Temos um time morto sem alternativas. 2018 já pede socorro.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

About Jéssica Loures

Jéssica Loures
Estudante de jornalismo, mineira, gaúcha de coração. Cronista esportiva e fanática colorada. Prazer, eu sou a Guria das Minas Gerais. Visitem meu blog! www.guriadasgerais.com

10 comments

  1. Dorian R. Bueno
    Dorian R. Bueno

    NÃO HÁ MUITA DIFERENÇA ENTRE O EX PRESIDENTE DO INTERNACIONAL E O ATUAL!!!

    O VPiffero entrou para a história por ser o único presidente que conseguiu através da sua péssima e última gestão, gerar muitos empregos para diversos treinadores e jogadores, e mesmo assim rebaixou o Internacional deixando tudo detonado para o próximo presidente.

    Já o MMedeiros mesmo pegando a casa tão esculhambada logo no início, com o seu primeiro treinador ACZago mais uns velhos e alguns jogadores, conseguiram perder o charmoso Gaúchão para o Novo Hamburgo nos pênaltis, e depois ficar a perigo na Série B.

    O atual presidente Marcelo parece estar tão perdido quanto o ex Vitorio, mais o seu segundo e ex treinador Guto Ferreira nestes últimos jogos, mas sabemos que teremos nove pontos para disputar com mais um treinador o interino Odair Hellmann.

    Que este danado pontinho seja conquistado amanhã contra o Oeste, para o Colorado subir logo para à Séria A, e acabar com esta SOFRÊNCIA.

    Perguntinha do DRB: Será que o Vitorio Piffero conseguiria fazer o Internacional subir para a Série A ainda este ano?

    Abs. Dorian Bueno, Google+Plus, POA, 13.11.2017

  2. Luciano

    O pior ainda pode estar por vir, vejamos: os técnicos afirmados, cascudos, estarão empregados ou custarão mais, o que é um tanto óbvio; não haverá dinheiro para investimentos, aí virão as famosas e famigeradas contratações em nível de grupo; para piorar ainda mais, o aproveitamento dos que voltarão de empréstimos. Chega…não vou especular mais nada…

  3. Boa noite!

    Falou tudo:

    UM TIME MORTO.

    É disparado o pior futebol apresentado no futebol brasileiro de todas as divisões.
    Simplesmente por não jogar nada parecido com futebol.

    Insisto, vamos subir, mas não por competência nossa, e sim pois os outros times são o quadro da dor.
    Agradeço por faltar apenas 3 rodadas, pois se tivesse mais uma, não sei não.

    Nosso treinador era uma vergonha.
    Nossos jogadores com algumas exceções são uma vergonha
    Nossos dirigentes são uma vergonha

    Somos um clube que vivemos apenas de desculpas, isso somos campeões:

    Hora é porque faltava preparo
    Hora é porque não tinha tempo para treinar
    Hora é porque só treinava e não tinha jogo
    Hora é porque tem que poupar
    Hora é porque teve desfalques
    Hora é porque os reforços não estreitaram ainda
    Hora é o calendário
    Hora é o gramado irregular
    Hora é porque a grama está alta
    Hora é porque a grama está rala
    Hora é porque molharam o gramado
    Hora é porque esta chovendo e o campo está pesado
    Hora é porque está ventando
    Hora é porque os adversários jogam retrancados
    Hora é porque os adversários estão jogando em casa e nos preciosas
    Hora é porque os adversários estão na ponta de cima da tabela
    Hora é porque os adversários estão na ponta debaixo da tabela
    Hora é porque os adversários estão no meio da tabela e não tem mais nada a perder
    Hora é porque estão ansiosos
    Hora é porque a torcida vaia
    Hora é porque está calor
    Hora é porque está frio
    A única coisa que está faltando dar como desculpa é que s bola é redonda.
    Acho que é uma boa desculpa, afinal acho que pelo futebol que não apresentam, devem treinar com uma bola murcha ou quadrada, se é que treinam.

    Vergonha, vergonha, vergonha
    Time sem vergonha!

    TIME MORTO!

  4. Leandro Godoy
    Leandro Godoy

    Oi Jéssica,concordo contigo. Acompanho futebol há muito tempo. fui inclusive comentarista esportivo. Portanto, vivi os bastidores e vestiários do futebol. sou um pouco meticuloso nas observações. Quando o Inter marca gol, nenhum, mas nenhum jogador corre em direção ao técnico para comemorar.As declarações do Guto após jogo com o Luverdense, foi a gota d’agua. O grupo infelizmente deve estar dividido. O gol que o D Fernandez sofreu do V Nova , foi algo que deixa dúvidas, alias o D. Fernandes vem mal, junto com o D’Ale , e os dois são os líderes deste time. O D’ale é meu ídolo, mas acho que o prazo dele está vencido. Jogador não pode ter atitudes como ele vem tendo com o torcedor, maior patrimônio de um Clube. Uma coisa me intrigou, durante a narração do jogo pela Gaúcha, o seu narrador logo após o Gol do V Nova, lembrou que o Guto poderia ser demitido e que poderia entrar o auxiliar técnico para comandar os jogos que faltam, inclusive destacou que a maior apresentação do Inter este ano, foi contra o Palmeiras e naquele jogo, o treinador era esse que ontem substitui o Guto, engraçado. Vamos subir é claro, mas com um gosto amargo de não ter sido Campeão da Série B. Abraço.

  5. Este Guto Ferreira só serviu para acabar de vez com o ciclo destes treinadores insossos, insipientes que nunca venceram nada .
    o MIG do FC em 2002 começou o ano com GUTO FERREIRA, TROCOU PARA CELSO ROTH e terminou se salvando na ultima rodada com CLAUDIÃO
    300 anos se passam e o INTER de FC da SWAT aposta em CELSO ROTH E GUTO
    Sem falar em 2010 com este inominável CELSO ROTH e o MAZEMBE
    Somente quando FC se aposentar e virar caquético o Inter voltará e viver novamente.

    Pior futebol do mundo o Inter apresenta jogo após jogo

  6. ALI X FOREMAN

    Após a memorável luta no Zaire, quando Ali simplesmente demoliu George Foreman, este último revelou que ao iniciar a luta, quis impressionar e intimidar Ali utilizando vários tipos de golpes em sequência. Ao cabo dos quais Ali lhe perguntou: É só isso que tens a apresentar? E Foreman confessa que exatamente era tudo o que tinha para apresentar!
    Uso essa analogia para falar sobre o Inter contra o Ceará, CRB e Vila Nova no Beira-Rio. Passados os momentos iniciais de oba-oba diante da torcida, os times se dão conta que esse momento é o máximo e tudo o que o Inter tem a apresentar. E nada mais! Então basta os times ter um pouquinho de organização que não perdem o jogo. E ainda podem vencer. O Ceará venceu. Os outros dois só não ganharam porque o goleiro do Inter fez alguns milagres. E isso vem sendo assim, se arrastando há muito tempo.

    O DIA DA MARMOTA
    Nosso colega de blog, Naladar, consagrou a comparação do Inter com o filme Feitiço do Tempo, onde a cada manhã o personagem desperta repetindo o dia anterior, que com o passar dos dias, a cada despertar, o mesmo dia se repete indefinidamente. E assim são as atuações do Inter. Uma sucessão interminável de erros e maus resultados em pleno Beira-Rio.

    Ora, aqui no blog tem grandes entendedores de futebol que podem falar melhor do que eu. Sempre gosto de ressaltar que eu não sou entendido. Sou apenas observador. E mesmo assim, só observando, consigo detectar problemas que se arrastam há anos no time colorado! É problema de formação de equipe. Faz mais de dois anos que o Inter não tem nem mesmo uma idwia de time. Muito menos um modelo. O Inter é um amontoado em campo. Com departamentos estanques. Um amontoado na defesa, outro no meio do campo e outro no ataque. Onde nenhum deles interage com o outro. Um grita e outro não ouve! Basta olhar para ver. Isso é resultado da falta de treinador. Olha o que temos tido nos últimos dois anos: Aguirre, Argel, Falcão, Roth, Lisca, Zago e Guto. Tudo aposta. Nenhum consolidado como grande treinador de futebol. Na serie A em 2016 o Inter tinha melhor elenco que muitos que permaneceram na elite. E este ano tem um elenco muito superior aos demais. E mesmo assim não joga. Sim, o Inter não joga futebol. O inter não troca passes, não tem jogadas ensaiadas, não tem aproximação, não sabe cobrar faltas e escanteios, não sabe cruzar uma bola para a área. Enfim, não apresenta nada. Ou melhor, vem se especializando nos últimos tempos em dar balão da defesa para o ataque, rifando bolas para atacantes de costas e zagueiros adversários de frente! Ano passado consagrou Paulão nesse anti-futebol. Agora até mesmo o bom goleiro Danilo Fernandes vem experimentando esse tipo de chutão.
    Eu não falo isso agora. Na euforia da sequências de vitórias do Inter, antes do rotundo fracasso das quatro últimas partidas sem vitória, quando se questionava sobre a permanência ou não de Guto à frente do elenco, eu jé escrevia assim aqui no Bac:

    ” Respeito todas as opiniões e manifestações dos colegas de blog. Mas em matéria de técnico, tenho sérias dúvidas se Guto é o homem indicado para a série A. Embora a boa colocação do Inter na disputa da série B, levo isso mais em conta da fraqueza dos adversários do que pelo futebol apresentado pelo Colorado. Confesso que não vejo evolução no trabalho do Guto. Não gosto de ver um artilheiro do campeonato paulista e do brasileiro 2016, como canhoto, sendo mantido na extrema direita marcando lateral adversário. Também não gosto de ver Sascha como “craque tático” função que nos prejudicou muito ano passado com Jorge Henrique. O perigo em manter Guto pode ser a repetição do que fizeram ano passado, quando Argel foi mantido por vitórias sem desempenho e sem evolução, até chegar no ponto sem saída em que chegou. Já vimos que treinadores sem grande currículos em montagens de time, como Aguirre, Argel, Falcão, Roth, Lisca, Zago não foram solução para a grandeza do Inter. Não sabemos se Guto é. De qualquer forma, será ainda mais uma aposta pra a Série A. Como creio que será mantido, espero que dê uma resposta positiva em 2018. Mas como expus, tenho lá sérias dúvidas a respeito.”

    Isso dito por mim, apenas como observador. Imagine o podem dizer os que realmente entendem de futebol!
    Então, para mim, a demissão de Guto, foi mais uma crônica de morte anunciada!
    E la nave va…
    Abraços a todos os parças do blog.

  7. O jogo de ontem, como nos dois anteriores no Brio diante do publico de noventa mil torcedores (juntando os tres jogos), foi uma VERDADEIRA AFRONTA AO TORCEDOR, FOI UM TAPA NA CARA DE TODOS QUE FORAM AO BEIRA RIO, estavam magoados pelo que disse Guto Ferreira?? Mas ele só falou a verdade, claro que a verdade as vezes dói, mas e o respeito com os torcedores muitos deles vindo de cada rincão desse RS gastando muitas vezes o que não pode pra dar força ao time; Que ganhassem e depois chegassem na direção e pedisse a cabeça do gordo. OU SERÁ QUE É MESMO QUE NOSSO ELENCO É DE MÉDIO PRA RUIM e que com esse grupo ANO QUE VEM CAIREMOS DE NOVO. Meu pensamento fica com o segundo, e sete á oito contratações pra chegar e ser titular senão realmente cairemos de novo isso é mais do que certo. Não apoio baderna,mas como eu disse os torcedores gastam um monte, sim 50,110,200 reais pra mim e pra muitos é um monte, pra ver o que??? UM TIME EM CAMPO SEM NADA??? Falei outro dia, todos os dias agradeço ao bom velinho por ter nos colocados na PIOR SEGUNDONA DOS ULTIMOS ANOS EM TERMOS DE QUALIDADE E SÓ POR ISSO SUBIREMOS, POIS SE ESTIVESSEM OS QUATRO QUE CAIRÃO ESTE ANO DA ELITE, NÃO SUBIRÍAMOS. Não é pra depreciar o clube, mas O TROÇO JÁ ESTÁ MEIO TORTO AGORA, IMAGINEM ANO QUE VEM, perderemos o titulo da segunda divisão o que era o dever de nós ganharmos por aquilo que falei, os times que frequentam ela são de ruim pra péssimo, depreciando sim os outros times SOMOS OU NÃO SOMOS TIME OU CLUBE GRANDE.

  8. Uma equipe covarde que se retrai com medo de levar gol e acaba levando e escapamos de perder.Só nos resta o consolo de estarmos perto de subir.

  9. Luciano

    Jéssica, é novamente um final de ano melancólico e vergonhoso para nós Colorados(as). Pior que estamos antevendo e avisando sobre isso há algumas semanas. Tentamos positivamente ver algum rendimento, alguma melhora, mas a verdade foi se mostrando. A precária qualidade técnica, a mais ainda fraca organização tática e uma Direção cujo vice de futebol acha normal empatar com Boa Esporte, Luverdense, entre outros, além do Presidente Omisso escancararam essa verdade. Sinceramente, admiro os amigos e amigas que conseguem traduzir em palavras o desempenho do Internacional, dentro e fora do campo. Disse dias atrás que já não sei de mais nada. Falta um ponto? Faltam dois? Como disse também num post do Paupério, TORÇO mais do que ACREDITO. Esse é meu triste pensamento sobre as coisas que acontecem ou não acontecem em nosso Clube outrora vitorioso. SC.

Leave a Reply to Dorian R. Bueno Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*