INTER GOLEOU!

Foi um jogo bastante corrido. Não sei se este é o melhor estilo, ou estratégia. Mas ontem funcionou. O gigante com mais de 35 mil expectadores, não é um acaso. É sintoma de torcida! Um clube que tem torcida. Estava vibrante como sempre. Mas, de forma especial, estava positivamente vibrante. A energia era outra.Muito pelas estreias esperadas e que aconteceram.

Logo no início Potker protagonizou um lance de inteligência e quase tivemos um replay da arbitragem marcando impedimento e o lance continuando. Só que não. Potker saiu da jogada e o bandeira baixou o instrumento de trabalho dando sequência à jogada. Mas Edenilson desperdiçou. Seguiu-se algumas tentativas mornas do Goiás.

O Inter então passou a pressionar mais. Foram várias tentativas de Potker e Damião rondando o gol adversário. Quando o Gigante explodiu comemorando, o impedimento estava marcado.

Mais uma ou duas chances e o primeiro tempo se esgotou. O time parecia meio nervoso, ansioso é a palavra certa. Mas sasha estava se movimentando muito bem por um lado, Damião se movimentando muito pelo meio e Potker pelo outro lado. Camilo errou alguns passes, mas claramente estava a vontade no beira Rio, sua nova casa. Não fomos muito exigidos na defesa, mas Uendel foi facilmente vencido pela esquerda, e transformou sua participação de  mediana para baixo, Winck apoiando muito bem, acaba deixando a marcação muito mano a mano com o Klaus, que mais uma vez foi seguro. Edenilson foi rápido, disposto e forte. Gostei. Gostaram todos, uma vez que o time saiu de campo aplaudido.

O segundo tempo começou a 200 km por hora e no segundo lance gol. Potker, oportunista aproveitou o rebote do goleiro, no chute forte de Damião. Seguimos dominando a partida e empolgando os 35 mil colorados presentes. (Parece que tem time que em jogo de libertadores não tem este público). Bola raspando, bola cruzando a área…foram 11 minutos de bombardeio até sair o segundo gol. Mão na bola não pode. Potker deixou Damião cobrar, atendendo aos apelos vindos da torcida. Cobrou e marcou.

 Damião continuou correndo muito e depois de chutar na trave viu Sasha (que havia sido atingido duramente por um adversário minutos antes) ser substituído por Gutierrez. Logo em seguida, mais uma blitz colorada.Goiás parecia meio tonto.  Impressionou o esforço e a força de Damião, em vários lances e chances de gol, mas também Camilo estava mais seguro e tomou conta do meio de campo. Impossível não falar da garra de Dourado. Lembrei de Charles que hoje me pareceu técnico diante das brigas que Dourado fez até a bola sobrar com o Inter. Esta coisa de ir trombando…ontem resolveu.  Damião, completamente sem pernas foi substituido por Carlos.Saiu de campo ovacionado, assim como Camilo, que um pouco mais tarde foi substituído por Diego.

Erroneamente o árbitro marcou novo pênalti,Potker cobrou e não marcou. Mas quase no final do jogo, redimiu-se ao deixar Carlos sozinho, sem goleiro, para fazer o terceiro gol colorado.

Aliás é interessante que se registre: Potker, corre muito. As vezes me parece um pouco parecido com Andrézinho, que ontem tivemos a chance de ver jogar novamente, quando parece com as coxas coladas. Mas  é solidário pela melhor chance de gol e sabe marcar.

Tive a impressão que estamos voltando.Não exatamente para a série A mas parece que voltamos a ter um coração batendo de forma regular e acelerando quando é necessário num ritmo de jovem saudável com 20 anos.

Ufa! Temos Inter de novo.

Saudações coloradas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

About Adriana Paranhos

Adriana Paranhos

22 comments

  1. Fabiano Mello
    Fabiano Mello

    Adri, que jogo!! Quanto tempo não via o Inter com essa intensidade e vontade em campo. Cumpre-se esses requisitos para o futebol atual e daí em diante sempre prevalecerá a qualidade, e isso temos de sobra em relação aos demais times da competição.

    Confesso ter gostado da volta de Damião, gosto dele, espero que ele seja aquele jogador de 2010/2011, um centroavante brigador, que mistura a forma profissional de jogar com a malícia da várzea, além disso com aquele bastante “um pouco de cada” de um centroavante ideal, cabeceador, de bom chute, posicionamento e sabe fazer o pivô quando necessário. Vimos isso ontem, espero cada vez mais.

  2. “Foi um jogo bastante corrido. Não sei se este é o melhor estilo, ou estratégia.”
    Não creio que li isso

    Para mim foi o melhor segundo tempo do Inter nos últimos 2 anos
    Justamente porque jogaram como time profissional, correndo , se deslocando e pressionando.

    • Adriana

      Leste sim, pode acreditar, fui eu que escrevi. o que ocorre L Fernando, é que para mim “correria” tem uma grande diferença para velocidade. No segundo tempo tivemos mais velocidade que correria.Mas no primeiro tempo e em alguns lances do segundo tempo a desorganização (aí acredito que em função de que era a primeira vez que jogavam Camilo e Damião) nos levou a correria. Na correria, joga o time alí do Partenon, o Araribóia. Na velocidade de ataque joga o Barcelona. Bola de pé em pé, com passes na vertical, toques de primeira.

  3. bike boy colorado

    Olá Adriana, concordo com o seu interessante post a respeito da goleada nossa sobre o Goiás, atualmente treinado pelo Argel, nosso ex que não deixou saudades por aqui. Dois tempos distintos, aquele gol no início do 2º tempo deu uma moral para o time, que continuou martelando até sair o 2º gol, no pênalti do lateral goiano, que bloqueou a cabeçada do Sasha com a mão acima da cabeça. Aí não tem remédio, é bola na cal e o Damigol guardou com catega.

    Realmente no início do jogo o Carlos Eduardo, 0 7 do Goiás estava incomodando o Uendel. Felizmente o Argel nos deu uma força deslocando seu melhor atacante para o lado esquerdo. Então o próprio Uendel e também o Cuesta respiraram mais aliviados.

    Parêntesis – Esse Carlos Eduardo, jovem atacante do Goiás merece ser bem observado.

    Adriana, discordo quanto ao segundo pênalti, o Pottker tinha a frente da jogada, quando ia chutar foi empurrado pelas costas desequilibrando-se e assim permitindo a chegada do zagueiro que recuou para o goleiro. Pottker bateu mal, mostrou o canto, bola a meia altura. Também méritos para o goleiro. Pottker que por sinal já mostrou que não é o jogador do Inter mais adequado para bater pênaltis.

    Damião pelo interesse e até pelo que jogou mostrou que veio para ser titular. Deu uma cabeçada no poste (estava impedido) que foi um verdadeiro chute. Fez jogada de letra bem objetiva. Driblou, correu, marcou, pressionou saída de bola, infiltrou, chutou. Chegou chegando!

    Camilo é bom jogador, tem categoria, agregou qualidade e opção de jogo.

    Gostaria de citar uma jogada que aconteceu diversas vezes ontem. O jogador que chega à linha de fundo, cruza para trás, rasteiro, em direção aos nossos jogadores que estão chegando de frente para a jogada. Pega a defesa de lado, muitas vezes mal posicionada, já que por condicionamento espera sempre um cruzamento pelo alto. O nosso primeiro e decisivo gol saiu de uma jogada assim. Só precisamos treinar melhor para concluir de primeira e com sucesso essas papinhas que estão vindas da linha de fundo. Isso é treinamento. Boa Guto!

    Mas de uma maneira geral, estamos evoluindo como time. Mas não podemos afrouxar o garrão!

    • Adriana

      Puxa faltou escrever isso. Pelo menos duas investida daquele 7,o Carlos Eduardo, me fez pensar durante o jogo (quem sabe este cara não serve ao Inter.
      Quanto ao segundo pênalti, tu ves, que missão ingrata a dos juizes. De onde eu estava vendo o jogo (superior norte, não me pareceu pênalti. ) Mas enfim.

      Concordo que ontem tivemos cara de time, com ataque bemproduzido, com força e alguma organização (em alguns momento ainda a correria e o tumulto imperavam)
      Alias, no desarme, Não sei se me impressionei com o jogo anterior, mas o Charles me pareceu muito mais técnico, tambem com a saída de bola. Dourado desarma, mas é na base da botinada, trombada….funciona.Mas é feio e pode causar muitas faltas na frente da área….

  4. É isso, Adriana. Tivemos uma boa atuação. Mais transpiração que inspiração. Mas é o que se requer numa série B.
    Desperdiçamos muitas chances de gol.
    Edenilson e Sacha arrematam muito mal. E isso não é novidade. Faz tempo que se observa isso. Falta de treinarem chutes a gol de curta distância.
    Agora precisamos sacramentar a terceira vitória consecutiva para embalar no campeonato.
    Enfrentar o Guarani em Campinas será um ótimo teste para a afirmação do time.
    Abraços aos parças do blog!

  5. Adriana

    Confesso que não confio nos nossos laterais em termos de defesa. Especialmente Uendel, ontem, irritou a mim e a todos que estavam a minha volta. O número 7 do Goiás, passou por ele uma s quatro vezes, como quis… Mas estamos acertando as coisas. Estou mais confiante no geral.

  6. Adriana

    Confesso que não confio nos dois laterais defensivamente e ontem, especialmente Uendel irritou a mim e a todos que estavam a minha volta. Tinha o número 7 do Goiás que passou por ele, como quis,pelo menos umas 4 vezes…. mas estamos acertando. Começo a ter mais confiança.

  7. Antônio Carlos Pauperio
    Antônio Carlos Pauperio

    Adriana, excelente postagem. Concordo plenamente contigo que foram dois tempos completamente distintos jogados pelo Internacional. Um, um time desorganizado, afobado, ansioso e pouco objetivo e outro, um time organizado, mais tranquilo, menos ansioso e objetivo. De comum, só o empenho mostrado nos dois tempos. Para criticar, só as críticas de sempre. Winck não defende e nem ataque. Uendel destoa no time atual. Gutiérrez não sei ainda porque foi contratado e Sasha não é nem sombra do jogador que foi. Acredito que a chegada do Camilo e do Damião vai tornar o nosso Internacional em um time de respeito, pois teremos alguém atuando pela meia direita, que sabe tabelar, mar e chutar a gol. Na frente temos alguém que preocupa toda a defesa adversária. Espero ver Dourado, Edenilson Camilo e D´Alessandro no meio, para ver se estou enganado. Na frente Damião e Pottker e/ou Nico López é um ataque de respeito. Apesar de me preocupar um pouco com as vaidades, levo muita fé no 2º turno, pois parece que o Guto conseguiu fazer o time acordar e ter outro comportamento em campo. Espero que não seja fogo em palha…

    • Adriana

      Também espero que não. A titularidade pode ser pressionada pela entrada de Nico.Talvez isso nos garanta o empenho certo de Damião por algum tempo.

  8. Leandro Godoy
    Leandro Godoy

    Olá, sem dúvida foi a melhor apresentação do INTER na série B. Jogou como manda a cartilha da competição, disposição, velocidade e principalmente, muita raça e vontade de ganhar. Camilo, será sem surpresas , o melhor jogador do INTER neste ano. Consegue jogar com facilidade e inteligência. Damião, feliz com a volta, brigou ao seu estilo e a sua técnica. Gostei pela primeira vez do Gutierrez, entrou e entrou muito bem, fazendo aquilo que se espera dele. Precisamos ainda melhorar o meio campo, não reter muito a bola, dar toques curtose rápidos até chegar nos homens de frente. Acredito que todo colorado foi dormir aliviado. O Bugre campineiro vem de derrotas, será um osso duro de roer no Brinco de ouro, seria muito bom encerrar a primeira fase com uma vitória, será que não pedir demais, oremos. Abraços
    Leandro Godoy

    • Adriana

      A partida contra o Guarani será duríssima. Por isso mesmo, uma vitória pode ser o ticket para um segundo turno mais tranquilo, descansado e motivador para todos nós.

  9. GARRA, VONTADE NÃO FALTOU, é assim que subiremos, falei dias atrás que não colocassem em Camilo a responsabilidade de craque, e que iria resolver todos os problemas do time, ontem me pareceu meio constrangido ou timido errando passes fáceis, compreensível pela estréia, irá nos ajudar muito. Dourado continua muito lento, começo a pensar que Charles dá maior velocidade ao meio campo; Falando em meio campo, o nosso é lento e prevesível, o jogador toca a bola e não desloca para receber, me parece aquela toma a bomba (bola) e te vira meu, mas só treinamento, e um treinador capacitado para fazer os boleiros entender que se não passar ou se colocar para receber a bola o jogo não flui, ontem foi um excercício dos atacantes de quem acertava mais a bola no goleiro deles, um gol de oito metros e os cara chutam encima dele, erramos muitos gols ontem. Tomara que com a volta do nosso idolo maior e capitão do time, a vontade a raça continue.

    • Adriana

      Vanderlei, por várias vezes pensei, mas não escrevi. Fazer um texto de madrugada é bem ruim… Mas Camilo para mim, foi a grande estréia. Será de grande valor para o INter e se td der certo, fará um meio de campo fantástico ao lado de Dale.

  10. Dorian R. Bueno
    Dorian R. Bueno

    HOJE EU ESTOU DE ANIVERSÁRIO E TRI FELIZ.
    MESMO TENDO UM JEITO DE VER FUTEBOL ESTRANHO, ELE SEMPRE FUNCIONA CULTURALMENTE, AMÉM !!!

    Conforme vou sendo abençoado por Deus para escrever as crônicas diárias, aproveito e vou especulando o que pode e não acontecer no dia do jogo e isto vai preenchendo bastante a semana de forma alegre.
    Sou muito de deixar a minha mente fluir naturalmente, para viver o antes e o depois de uma partida de futebol de forma intensa por aí.
    Quando chega o grande dia e conforme o horário do jogo, se for no sábado às 16hs30min consigo ver. Mas, lembro que quando aconteceram alguns jogos na 2ª, 3ª, 5ª feira à noite jamais consegui assistir o Internacional.
    Aprendi a não ficar triste por isto, até por que no outro dia passa tudo novamente de forma resumida. Como gosto de ler bastante, fico sabendo o que aconteceu, e vou tirando as minhas conclusões para escrever depois dos jogos de forma tranqüila e relaxada.
    Ontem por exemplo, não assisti na TV, nem escutei no rádio, não monitorarei pela celular, o andamento da partida.
    Na grande hora do jogo por volta das 21hs30min e por ser numa 3ª feira fui dormir mais cedo. Precisava descansar e me concentrar para comemorar mais um ABENÇOADO ANIVERSÁRIO no dia 02/Agosto. Quando acordei hoje às 6h20min fiquei sabendo que foi um tremendo jogo.
    O Guto Ferreira armou o time num 4+3+3, o Camilo e o Damião juntamente com os demais jogadores jogaram muita bola, e conseguiram destruir a retranca do Goiás.
    O verdadeiro Trator Colorado patrolou com competência o gramado do BEIRA-RO e principalmente o time do Argel Fucks que levou 3×0 no lombo.
    Os GOLS foram feitos pelo os nossos ATACANTES POTTKER, DAMIÃO e CARLOS.
    Eu também estou muito realizado culturalmente pelo o que escrevi nestes últimos dias, e mesmo virtualmente dormindo, torci para o Colorado vencer mais este grande jogo.
    Graças a Deus e aos jogadores que fizeram uma grande partida, nós torcedores estamos TRI felizes, por que é maravilhoso saber que o Internacional começou a jogar futebol e por merecimento já somos vice-líder na Série B com 30 pontos.
    Amém !!!

    Abs. Dorian Bueno – Google+Plus, POA, 02.08.2017

    • Adriana

      Oba, tem festa!!! Dorian, tudo de melhor pra vc. Seja muito feliz, inclusive, como nosso Inter! Muita saúde, paz e amor, tenho certeza, é o desejo de todo BAC!!!

    • bike boy colorado

      Grande Dorian, muita energia positiva e criativa, saúde e paz em todos os momentos da tua vida. Feliz niver!

      Abraço!

    • Gaude

      Poeta Dorian, muitas felicidades e muita saúde em mais uma passagem nesta vida!

  11. Alô você Adri!
    A síntese é exatamente essa: “ESTAMOS VOLTANDO A TER CORAÇÃO”
    Não fomos brilhantes mas fomos muito aplicados. Defensivamente quase irretocáveis, ofensivamente ainda um pouco confusos mas sobressaindo a VONTADE E ATÉ APLICAÇÃO. Fui dormir feliz. Os ares da ILHA DO GOVERNADOR fizeram bem. Subi para Natal, um pouco mais confiante, para o dia 19.
    Diretamente do RJ
    Colorada mente,
    Melo

    • Adriana

      Mas que barbaridade Melo, quero responder pra vc. Mas tem boicote do sistema. As respostas foram lá para cima no post e se referem aos nossos laterais. procura aí e sinta-se respondido.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*